domingo, 17 de outubro de 2010

''with or without you''

Desenganos enganados, linhas tortas e coerentes. Sorrisos falsos mas correctos. Vidas cruzadas, alegrias perdidas, lembradas, vividas. Juízos sem valor. Segredos, secretos olhares. E do fundo do ser vem uma voz que grita. E eu olho e vejo que só vivi para mim, e fiquei com tantas coisas para te mostrar. E para nunca mais te mentir olho nos teus olhos e digo toda a verdade vinda do meu coração. Para ver, para dar, para estar, para ter, para ouvir, para rir, para sentir... para mudar! Mudar o mundo, o meu. O teu? Não sei, quem sabe um dia! Um amor tão grande não se pode perder desta maneira tem de ser mais forte, não pode conseguir fugir assim. Pelo menos vamos fazer de conta que um dia vamos acordar, vamos pelo menos sonhar. Eu esta noite vou fechar os olhos e pensar em ti. Como o faço quase todas as noites, só que nesta há mais qualquer coisa para recordar coração.

1 comentário:

Seguidores